RUÍDO

Um espetáculo de divulgação científica sobre ondas gravitacionais.
Não vemos tudo o que existe. Encaixámos o tempo em horas, minutos, anos; as distâncias em centímetros, milhas, anos-luz. Inventámos deuses para não termos perguntas sem respostas. Estudámos, corrigimos, medimos: tentámos. Nem tudo o que existe pode ser observado, ou pode ser percebido pelas formas às quais nos habituámos. Nunca ninguém viu um buraco negro. O cosmos parece silencioso, porque não sabemos ouvi-lo. Não podemos entender sensorialmente a dimensão do Universo.

Esforçamo-nos por imaginar que tamanho toma tudo o que existe, a velocidade inultrapassável da luz, coisas que continuam a existir enquanto tendem para o infinito. Algures – muito para além do azul a que chamamos céu – nascem e morrem estrelas, formam-se buracos negros que tentamos descrever, há pequenos defeitos quase tão antigos como o Big Bang que provocam ainda hoje ondas no espaço-tempo que se propagam, sem darmos por elas. As medidas do quotidiano não servem para a grandeza do Universo.
Como é que conseguimos encontrar na nossa linguagem uma estrutura que nos permita pensar sobre estas coisas? Que questões colocam as investigações da astrofísica à nossa forma antropocêntrica de conhecer o mundo? Propomo-nos não só compreender melhor o universo através da astrofísica, mas também questionar o sítio a partir do qual a astrofísica se desenvolve. Enquanto observamos o universo, em que lugar nos colocamos? O que é a objectividade? A que imagens recorre um cientista para poder falar sobre coisas que parecem não caber na nossa linguagem comum? Que relação tem o tempo que medimos e gastamos enquanto vivemos com o tempo que estrutura o Universo?
Como distinguimos no ruído o que realmente queremos ouvir?
 

 

ESPETÁCULOS
Qui. 11 nov, 2021, 21:00
Sex. 12 nov, 2021, 21:00
Sáb. 13 nov, 2021, 19:00

Qua. 24 nov, 2021, 19:00
Qui.  25 nov, 2021, 21:00
Sex.  26 nov, 2021, 21:00
Sáb.  27 nov, 2021, 19:00

 

LOCAL
Cúpula do Planetário do Porto


ENTRADA GRATUITA
Reservas através do formulário: bit.ly/reserva-ruido
Mais informações: noitarder@gmail.com
Evento com lotação limitada. Uso obrigatório de máscara.
Duração: ≈ 40 min.
M/12

 

FICHA ARTÍSTICA
uma ideia. Lara Sousa e Raquel S.  
direcção artística e texto. Raquel S.
investigadora. Lara Sousa  
música. José Alberto Gomes  
vídeo. Miguel C. Tavares  
interpretação. Maria Inês Peixoto  
direcção de produção. Inês Barbedo Maia / Pé de Cabra  
operação de som. Ricardo Vieira  
apoio à produção. Mariana Silva / Pé de Cabra
imagem. Nuno Matos

 

produção. Noitarder
apoio. Planetário do Porto CCV

 

 

Adira e partilhe o evento no Facebook.


Saber mais sobre ondas gravitacionais…


Ruído é um projeto da Noitarder em colaboração com o Instituto de Astrofísica e Ciências do Espaço (IA) e o Planetário do Porto – CCV, no âmbito do projeto de investigação científica e desenvolvimento tecnológico «À procura de cordas cósmicas e outros defeitos topológicos com ondas», que tem como investigadora principal Lara Sousa.
[Projecto apoiado: COMPETE2020: POCl-01-0145-FEDER-031938 & FCT: PTDC/FIS-PAR/31938/2017]




DETALHES
Local: Planetário do Porto CCV

Dia de inicio:
2021-11-11 - 21:00
Dia de fim:
2021-11-27 - 20:15

Evento gratuito
Adicionar à minha agenda 2021-11-11 21:00 2021-11-27 20:15 Europe/Lisbon RUÍDO

Um espetáculo de divulgação científica sobre ondas gravitacionais.
Não vemos tudo o que existe. Encaixámos o tempo em horas, minutos, anos; as distâncias em centímetros, milhas, anos-luz. Inventámos deuses para não termos perguntas sem respostas. Estudámos, corrigimos, medimos: tentámos. Nem tudo o que existe pode ser observado, ou pode ser percebido pelas formas às quais nos habituámos. Nunca ninguém viu um buraco negro. O cosmos parece silencioso, porque não sabemos ouvi-lo. Não podemos entender sensorialmente a dimensão do Universo.

Planetário do Porto CCV 1440 Planetário do Porto - Centro Ciência Viva