Sessões de planetário

No Planetário do Porto - Centro Ciência Viva encontra uma programação variada de acordo com o nível etário dos visitantes. As sessões têm uma duração típica de 45 minutos e incluem um filme imersivo do tipo documentário educativo e uma apresentação ao vivo sobre o céu visto da Terra ou de outros locais no universo, realizada por especialistas em astronomia. Estes especialistas estão disponíveis para responder a questões sobre as temáticas apresentadas.

O Vitor à descoberta do Sistema Solar
Para o Vítor este é um dia muito especial. Ele e os seus colegas da escola vão fazer uma visita de estudo ao planetário. Será uma boa oportunidade para compreender melhor o Sistema Solar, o céu nocturno, e como podemos usar as estrelas para nos orientarmos.
Nesta sessão o Vítor e o visitante fazem uma viagem à descoberta do Sistema Solar: ficam a conhecer melhor o nosso Sol, exploram todos os planetas principais, e ainda encontram os planetas anões e restantes corpos de pequena dimensão como cometas e asteróides.

A partir dos 6 - 7 anos

Tipo Documentário juvenil

Duração 45 minutos

Tópicos didácticos
. Sistema Solar, classificação, nomenclatura e aspectos mais relevantes;
. Céu nocturno;
. Orientação pela estrela polar.

O Espantoso Telescópio
Enquanto participam numa sessão de observação de céu noturno, dois estudantes adolescentes aprendem como o telescópio contribuiu para compreendermos o lugar que ocupamos no espaço e de que forma os telescópios continuam a expandir o nosso conhecimento acerca do Universo. Eles conversam com uma astrónoma que os esclarece acerca da história do telescópio, como estes instrumentos funcionam e como os astrónomos os utilizam para explorar os mistérios do universo.
Enquanto observam através do telescópio, os estudantes, em conjunto com os visitantes do planetário, aprendem acerca das descobertas de Galileu, Huygens, Newton, Hubble e outros.

Todas as idades

Estudantes do 3º ao 12º ano

Vida, uma história cósmica
Como começou a vida na Terra? Esta questão desafiante constitui a base deste filme para planetário, produzido pelo Planetário Morrison, da Academia de Ciências da Califórnia. Narrado pela atriz Jodie Foster na versão original e pelo ator Diogo Infante na versão portuguesa para o Planetário do Porto, "Vida - uma história cósmica", transporta a audiência numa viagem através dos tempos. Utilizando visualizações científicas espetaculares entramos no mundo microscópico de uma célula, recuamos até ao nascimento das primeiras estrelas e à origem dos próprios elementos, continuamos a viagem entrando na Via Láctea quando o Sol era recém-nascido, mergulhamos até ao fundo do oceano da Terra primitiva, testemunhamos mudanças no nosso planeta, revemos os indícios que permitem contar a história da vida na Terra e terminamos deixando a audiência imersa numa representação da estrutura em dupla hélice fundamental para a vida como a conhecemos.

Todas as idades

Estudantes do 9º ao 12º ano

Laboratórios

Os Laboratórios hands-on* são oficinas pedagógicas que usam conceitos básicos de Astronomia ou ferramentas observacionais como aplicação de conceitos e temas tratados nos programas escolares. Pretendem, assim, facilitar a aprendizagem desses conceitos através da realização de várias atividades didáticas e experimentais mas também demonstrar como algo aparentemente tão distante como a Astronomia tem um impacto real no nosso quotidiano.

*Disponíveis apenas para grupos escolares ou pré-escolares, através de marcação prévia.

Conhecer a Terra, a Lua e o Sol
Para o 1º ciclo.
Durante esta experiência, os alunos irão medir e calcular as dimensões relativas da Terra, do Sol, da Lua, assim como as distâncias a que se encontram. Usando vários modelos, os alunos encontraram explicações para fenómenos astronómicos básicos, como as fases da Lua, eclipses e estações do ano. Para a execução da experiência os alunos irão manipular uma fita métrica, fazer operações aritméticas simples e manipular modelos do sistema Terra Lua.
À Descoberta do Sistema Solar
Recomendado a partir do 3º ano.
Com esta actividade, pretende-se apresentar uma visão geral do Sistema Solar, com destaque para o Sol e para os planetas, que permita não só compreender melhor as particularidades de cada astro mas também a interacção que constantemente ocorre entre eles e a impossibilidade de dissociarmos o estudo da Terra do estudo do contexto astronómico em que ela se encontra. O Laboratório decorrerá no átrio do Planetário onde será montado um modelo do sistema solar. Em cada um dos planetas será realizada uma experiencia demonstrativa de um fenómeno ou característica deste planeta.
A Dinâmica da Terra
Recomendado a partir do 5º ano.
O Sol é a estrela mais próxima de nós, mas muito antes do Sol ser visto como uma estrela, já os povos da Antiguidade lhe reconheciam uma importância central para a existência de vida na Terra. Desde muito cedo, o Homem descobriu a relação entre as estações do ano e o movimento aparente do Sol. Mas qual a origem das estações do ano? Como varia a posição do Sol ao longo do dia e do ano? Como será o movimento do Sol para um observador no Equador, e no pólo Norte? Nesta atividade e com a ajuda de um instrumento interativo que simula o movimento aparente do Sol irá aprender a resposta a estas e muitas outras perguntas.
Distância às Estrelas
Recomendado a partir do 8º ano.
No nosso dia-a-dia é fácil medir o tamanho de objetos e distâncias entre objetos utilizando réguas e fitas métricas. Mas existem objetos tão longínquos onde isso não é possível fazer-se. Como medir a distância ao Sol ou à Lua, por exemplo? A Lua está a cerca de 385 000 km. Com certeza que não existe fita métrica suficientemente longa! Os cientistas rapidamente perceberam que teriam de arranjar outro método que não recorresse à medição direta. Como são muito engenhosos, os cientistas desenvolveram o método da paralaxe, que depende principalmente da geometria. Nesta atividade irá aprender a calcular a distância a objetos usando um simples transferidor!
Ótica: a nossa janela para o Universo
Recomendado a partir do 8º ano.
Com esta atividade pretende-se apresentar uma visão geral da luz, dos vários fenómenos que ela sofre, e do ramo da ciência que os estuda - a ótica. Serão também abordadas as caraterísticas das lentes, espelhos e redes de difração e alguns exemplos de instrumentos resultantes de associações destes elementos. Serão ainda estudadas algumas propriedades dos fenómenos ondulatórios.
Impressão Digital dos Astros
Para o secundário.
A Lua é o único objeto celeste que já foi visitado pelo Homem e são muito poucos, e apenas no Sistema Solar, os astros visitados por sondas espaciais. Como é, então, possível sabermos tanto acerca do cosmos e dos astros que o povoam? O grande veículo que transporta a informação pelo Universo é a luz. É através do seu estudo que aprendemos quase tudo o que sabemos acerca de objetos situados a distâncias inimagináveis e mesmo acerca dos primórdios do Universo. Mas temos que ser capazes de descodificar a informação que a luz nos traz. A Impressão Digital dos Astros dá-nos pistas sobre uma das chaves necessárias para descodificar a luz. Venha construir um instrumento que permite separar a luz nas cores que a constituem e venha utilizá-lo para observar o código secreto guardado em diferentes materiais. Quando acabar as suas observações e os respetivos registos, irá começar a compreender as mensagens que, quase sem darmos por ela, nos chegam dos confins do Universo, e que são deixadas ao nosso alcance como verdadeiras impressões digitais dos astros que as enviaram.
ATIVIDADES COMPLEMENTARES

Como complemento às atividades regulares do Planetário, o Centro de Astrofísica da Universidade do Porto promove:
– observações noturnas mensais com telescópio;
– observação de eventos astronómicos especiais;
– palestras e tertúlias;
– exposições.

Para fazer marcações, adquirir os bilhetes, deverá contactar a bilheteira através do telefone 226 089 800 e/ou e-mail bilheteira@planetario.up.pt.

 

 

 

Centro de Astrofísica da Universidade do Porto U.Porto Ciência Viva Novo Norte BOL - Bilheteira Online QREN União Europeia